O PADRÃO BÍBLICO PARA A FAMÍLIA

O PADRÃO BÍBLICO PARA A FAMÍLIA
LIVRO JÁ À VENDA

LANÇAMENTO DE "O PADRÃO BÍBLICO PARA A FAMÍLIA"

O LIVRO: "O PADRÃO BÍBLICO PARA A FAMÍLIA" - ENCONTRA-SE À DISPOSIÇÃO PARA VENDA NOS SEGUINTES ENDEREÇOS:

CASA DA BÍBLIA
Rua São Sebastião, , nº 33 - Centro,
Barra Mansa - RJ -

CPAD VICENTE DE
CARVALHO - RJ
Av. Vicente de Carvalho, 1083 - Vicente de Carvalho
21210-000 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2481-2101
Fax: (21) 2481-5913


ESPAÇO LITERÁRIO PASTOR DAVID CABRAL
Rua Assembleia de Deus, nº 156 - Laranjal,
Volta Redonda - RJ - Tel: 24-3340.7232

LIVRARIA UNIVERSITÁRIA
Rua Ver. Luís da Fonseca Guimarães, nº 227,
Aterrado - Volta Redonda - RJ - Tel: 24-3346.6546

LIVRARIA VEREDAS - PONTUAL SHOPPING
Rua 14, nº 350 - 2º piso,
Vila Santa Cecília - Volta Redonda - RJ
Tel: 24-3342.1977 - 3348.3131


ou diretamente com o autor:
lourildo_2006@yahoo.com.br


Preço por unidade: R$20,00

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

DESABAFO DE UM BOM MARIDO

DESABAFO DE UM BOM MARIDO

por Luís Fernando Veríssimo

Minha esposa e eu sempre andamos de mãos dadas.. Se eu soltar, ela vai às compras.
Ela tem um liquidificador elétrico, uma torradeira elétrica, e uma máquina de fazer pão elétrica.
Então ela disse: 'Nós temos muitos aparelhos,mas não temos lugar pra sentar'.
Daí comprei pra ela uma cadeira elétrica.
Eu me casei com a 'Sra. Certa'. Só não sabia que o primeiro nome dela era 'Sempre'.
Já faz 18 meses que não falo com minha esposa. É que não gosto de interrompê-la.
Mas tenho que admitir, a nossa última briga foi culpa minha.
Ela perguntou: 'O que tem na TV?' E eu disse 'Poeira'.
No começo Deus criou o mundo e descansou.
Então, Ele criou o homem e descansou.
Depois, criou a mulher. Desde então, nem Deus, nem o homem, nem o Mundo tiveram mais descanso.
Quando o nosso cortador de grama quebrou, minha mulher ficava sempre me dando a entender que eu deveria consertá-lo. Mas eu sempre acabava tendo
outra coisa para cuidar antes, o caminhão, o carro, a pesca, sempre alguma coisa mais importante para mim. Finalmente ela pensou num jeito esperto de me convencer. Certo dia, ao chegar em casa, encontrei-a sentada na grama alta, ocupada em podá-la com uma tesourinha de costura. Eu olhei em silêncio por um tempo, me emocionei bastante e depois entrei em casa.Em alguns minutos eu voltei com uma escova de dente e lhe entreguei.
'- Quando você terminar de cortar a grama,' eu disse, 'você pode também varrer a calçada.'
Depois disso não me lembro de mais nada. Os médicos dizem que eu voltarei a andar, mas mancarei pelo resto da vida'.
'O casamento é uma relação entre duas pessoas na qual uma está sempre certa e a outra é o marido...

sábado, 17 de outubro de 2009

A INCONFORMIDADE COM O CONFORMISMO
Lourildo Costa


“E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” – (Rom. 12. 2).
O conformismo é o concorde com qualquer situação. Augusto Cury escreveu que é a arte de se adequar e concordar, de maneira indiferente, com as situações críticas. O conformista não serve de reagente para as manifestações que modifiquem o comportamento humano.
A pessoa que tende ao conformismo é aquela que não quer chamar para si a obrigação de se tornar um verdadeiro agente, capaz de contribuir para a transformação da História do nosso século. Ela tem como verdadeira a premissa de que todos os acontecimentos são frutos do destino. Por isso, age como a lagarta do bicho-da-seda: a conformista acha que estará eternamente protegida dentro do casulo em que se oculta e não quer enfrentar as matizes e situações que ameaçam a existência da vida humana.
Os jornais sobrevivem de notícias que estampam corrupções e crimes bárbaros, que chocam e chamam a atenção da opinião pública que vive um novo drama, a cada dia. O uso e o abuso do crack, por exemplo, antes disseminado apenas entre as classes mais baixas da pirâmide social, hoje, se espalha entre todas as camadas da sociedade, abrangendo todas as faixas etárias. As clínicas psiquiátricas estão abarrotadas de pessoas com dependência química e muitos lares gritam por socorro. Viciados, outrora trabalhadores, estão se tornando em traficantes com o objetivo de manter a dependência.
O apóstolo Paulo já dizia que os caminhos do mundo acabam virando moda. Estar na onda, hoje, é curtir o ócio das madrugadas irrigadas a álcool, com boates adornadas de mulheres que gingam seus corpos, sob o som estridente de músicas com mensagens subliminares que tiram o uso da razão. Carros velozes movidos a drogas!
Urge, portanto, uma necessidade de transformação pelo renovamento da nossa mente, como um escape da amoldagem segundo as práticas mundanas.
A galera de nossos dias impõe uma série de condições, costumes e aviltamentos que não se coadunam com o padrão divino de moralidade e bem estar. Essa conformação com a era presente – o errado passa a ser o correto – não pode virar padrão de vida, a ponto de não mais poder se distinguir entre o bem e o mal.
Paulo exortou-nos para que nos tornemos cidadãos autênticos, inconformados com este mundo e tudo o que existe fora da perfeita vontade de Deus.